quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Solar

   E como fica Sil neste inverno, uma mulher tão solar, que num domingo de um verão qualquer me disse após retornar do clube (um sorriso amplo na boca e nos olhos) que naquela tarde havia vestido o sol e ele lhe caíra muito bem: difícil dissociar certas pessoas do fogo, são consanguíneas a ele e quando lhes falta, emudecem a carne, murcham, os passos desvariam e o ímpeto se afrouxa. Mas naquele domingo, ápice de fevereiro, não. Contou-me divertida hoje, olhando para o céu triste,  como "corrompeu" certo garoto que a olhava petrificado, acompanhando a minha mais leve respiração, me disse:  Eu sempre fui de usar biquininho indecente, sempre gostei, e naquele dia não foi diferente. Estava louca pra fantasiar, pelo menos, com algum voyeur. Eis que aparece o garoto. O belo garoto de mãos e braços fortes a me olhar pedindo o meu corpo. Ninguém a nossa volta, era um dia de semana normal, que em São Paulo é um dia de trabalho, nada mais. Mas o tempo parou pra gente, ele se aproximou, na cara o "tudo ou nada", kamicaze demais, ou-vai-ou-racha, a brisa da tarde penteando a superfície da piscina... - Tá bom, cara, mas vamos sair daqui... - Lá nos coqueiros ?...Pode ser, eu vou primeiro, depois você vai...-Tá certo minha tesuda... E lá estava eu, no espaço do jardim, no coqueiral, ouvindo a agonia das cigarras e o fla-fla do vento nas folhagens. O meu corpo era minha buceta, eu era ela e sentia calafrios...Ele veio. A mão direita me agarrou, a esquerda descolou o biquini da minha bunda farta... O tempo girou em 360 e o garoto pulsava seu pau nas minhas costas, ajoelhei e guardei a alma dele inteirinha na minha boca, durante 10 minutos ou horas, não sei... A alma dele se liquefez entre minha língua e o palato, alma doce de menino que bebe a vida a cada olhar: -Tchau, me chamo Robert, vou indo se não pode "sujar". Eu era a piscina lenta dentro do crepúsculo de mais uma tarde vadia de verão...
   Ela disse olhando para o céu triste do inverno que a matava por dentro. Me pediu um beijo. Eu disse pra ela procurar o Robert, ambos rimos muito mas, na sequência, ela emudeceu.

  

6 comentários:

{ísis}_MN ENTREGA E SUBMISSÃO disse...

Vim agradecer a sua visita interessante seu blog.
Vou colocar seu link lá no meus seguidores se permitir1
Beijos rubros
{ísis}_MN

Adão & Eva disse...

Obrigada pela visita e pelo comentário delicioso que vc nos deixou. Estou te seguindo!
Espero que volte sempre ao nosso paraíso, que é tão meu e do Adão, quanto de vcs todos que vem nos espiar!
BEIJOS DA EVA.

Marcello Eros disse...

Claro Isis, é um prazer !
Obrigado Eva, esse mundo precisa de paraísos !

menina fê disse...

ahhhh... que delícia de castigo! rsrsrs

bjs meus

Catlin disse...

Vim agradecer tua visita, interessante teu blog, já estou lhe seguindo tambem!!

beijos doces!!

Marcello Eros disse...

Obrigado Catlin e parabéns pelo sucesso do seu blog !